Estado e Prefeitura vão reabrir hospital de campanha em Bacabal.


A decisão foi adotada em razão do crescimento dos casos de infecção pela Covid-19 em Bacabal. Participaram da reunião, além do Prefeito Edvan Brandão e do Secretário Carlos Lula, o deputado estadual Roberto Costa, a médica Yvanna Lopes Carvalhal, do Comitê Municipal de Acompanhamento e Atenção das Ações de Prevenção de Combate à Covid-19  e o secretário de Administração Davi Brandão.

Atualmente o município tem atendimento dos pacientes de Covid no hospital Veloso Costa e no ambulatório de campanha montado pelo Governo do Estado no pátio da 5ªCiretran. O grande problema é que o ambulatório não tem suporte para internação, é uma extensão do hospital Laura Vasconcelos, tem capacidade para 23 leitos e só funciona durante o dia. Quanto a exames, o hospital não dispõe de equipamento de raio-x e funciona como um posto de coleta de material para exames que são processados no laboratório do hospital Regional Laura Vasconcelos.

O Hospital de Campanha será reaberto em parceria

O Hospital de Campanha de Bacabal iniciou suas atividades no dia 28 de maio de 2020, numa parceria da prefeitura de Bacabal com o Governo do Estado  e disponibilizou 30 leitos, sendo 25 de enfermaria e 5 de UCI. Com a queda significativa no número de casos, a estrutura foi desativada.

O prefeito de Bacabal fala sobre a retomada dos trabalhos: “Vim conversar com o secretário de Saúde Carlos Lula para estabelecermos os pontos de renovação da nossa parceria com o Governo do Estado. Temos que reabrir urgentemente o hospital de campanha, pois os números apontam um grande crescimento de casos de Covid-19. Não podemos ficar parados e a melhor decisão é reabrir para ofertar mais atendimento ao nosso povo, inclusive com leitos de internação”.

A Dra. Yvanna Lopes Carvalhal, participa nesta tarde, de uma reunião para alinhamento dos pontos e diretrizes de como será o funcionamento do hospital de campanha nessa nova onda de Covid-19.

Sobre Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *