Novo Lockdown no Maranhão pode começar nas próximas horas.

A Defensoria Pública do Maranhão (DPE), protocolou, nesta terça-feira (2), pedido para que a Justiça decrete lockdown em todo o Maranhão pelo período de 14 dias, assim como ocorreu no mês de maio do ano passado. Veja aqui o pedido.

O pedido é assinado pelos defensores Clarice Binda, do Núcleo de Direitos Humanos, Cosmo da Silva, do Núcleo de Defesa da Saúde, da Pessoa com Deficiência e da Pessoa Idosa, e Diego Bugs, do Núcleo Regional da Raposa.

Para os defensores públicos, houve um relaxamento por parte da população e falta de fiscalização por parte do poder público, depois que ocorreu a flexibilização das medidas de distanciamento social.

“O cenário de controle da pandemia no estado do Maranhão mudou. Nos últimos meses, com a estabilização do contágio, houve uma flexibilização das medidas de restrição de circulação e, principalmente, devido as festividades do fim do ano de 2020, a população passou a viver como se o vírus não estivesse mais em circulação no nosso estado”, apontam os defensores.

Segundo os defensores, no momento, o ideal é trancar as pessoas em casa, restringir a circulação de veículos, reduzir o número de trajetos do transporte aquaviário intermunicipal, limitar o funcionamento do transporte público urbano e usar as forças policiais para fazer cumprir o decreto, caso determinado pela Justiça.

Foto: Divulgação

Sobre Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *